sábado, 15 de fevereiro de 2020

Grupo no Whatsapp: Vivências Agroecológicas

gente, criei um grupo no wasap com a intenção de compartilhar sobre lugares q oferecem alimentação e hospedagem em troca de trabalho (ou, na minha visão, "cursos grátis") sobre bioconstrução, agrofloresta e afins... se alguém souber de lugares assim pra compartilhar, ou quiser conhecer novos, tá aí
também pode divulgar sobre eventos, vivências, cursos pagos etc!

Entrar no grupo!
O grupo fica lotado a maior parte do tempo, tem que ficar tentando, tá sempre saindo e entrando gente. Uma hora que tiver saído alguém você consegue.
Mas segue a lista, que é mais importante que o grupo: (ajude a divulgar!)

Pessoal, essa é uma lista com lugares que recebem pessoas pra fazer voluntariados em SAF, agricultura orgânica, bioconstrução e temas afins...
Ajudem a fortalecer a lista ae! rss
Mais detalhes e informações estão escritos nela! Qualquer um pode editar a lista e contribuir.
Lista de lugares para fazer voluntariado!

Nootrópicos

Nootrópicos: substâncias que podem melhorar a função cognitiva em indivíduos saudáveis. Memória, criatividade, motivação, fluência verbal, capacidade de foco, proteção do cérebro, eliminação do stress, relaxamento e muito mais. Os nootrópicos sempre fizeram parte da história do homem. Chás, ervas, cogumelos e plantas de poder diversas sempre fizeram parte da nossa história. Eram utilizados para proporcionar alterações no funcionamento do sistema nervoso com diferentes finalidades. O café, por exemplo, é um nootrópico.
Os nootrópicos são muito diversos em seus efeitos e propostas. Existem nootrópicos que tem a função de melhorar o fluxo sanguíneo cerebral (fornecem mais nutrientes pro cérebro), como os cogumelos. Exemplos de cogumelos com essa característica: cordyceps, reishi, chaga, lion's mane, peak O2 (mistura de 6 cogumelos adaptógenos). São bons para período de baixa energia ou que demandem mais concentração por exemplo.
Existem nootrópicos sintéticos (como ritalina e outros) e naturais. São preferíveis os naturais, que tem amplos estudos de efeitos positivos e ausência de efeitos colaterais. É o caso, por exemplo, dos alcalóides, um tipo de nootrópicos que são moléculas naturais complexas com um efeito profundo na estrutura humana. Exemplos: cafeína, teobromina (presente no cacau), mateína, até mesmo a nicotina...
Funcionam melhor quando não se usa o mesmo todos os dias em sequência, pois por serem estimulantes (mesmo os estímulos de relaxamento), o corpo se acostuma com eles, e isso gradualmente faz perder a percepção e os benefícios. Devido a isso, é recomendável alternar os alcalóides. Por exemplo, num dia você toma café, no outro erva-mate, no outro usa o cacau... ou usa o mesmo por 3 dias, dá um repouso ou alterna com outro por 3 dias... etc.

A cafeína é um bloqueador da adenosina cerebral. Isso faz com que a eficiência dos neurotransmissores e a concentração de dopamina, adrenalina e acetilcolina se elevem, o que na prática se traduz em maior agilidade mental, eliminação da sonolência e melhor humor. Às vezes pode causar uma certa agitação.

Um bom chocolate (>70% teor de cacau, baixo teor de açúcar) tem substâncias que alteram positivamente o funcionamento do cérebro, como a teobromina, um notável auxiliar da fluência verbal, sendo muito útil antes de palestrar por exemplo; e a anandamida, que é a "substância da felicidade", capaz de melhorar o humor e aumentar a criatividade. Ela é muito semelhante a uma substância que o cérebro produz naturalmente quando estamos apaixonados.

Erva mate: rica em cafeína e teobromina, mas especialmente em mateína. Repleta de polifenóis e outros nutrientes benéficos que contribuem para o foco e sensação de alerta. Bom para estudar e conversar entre amigos.

Nicotina: alcalóide com propriedades semelhantes às da cafeína e teobromina, mas com algumas particularidades benéficas. Melhora o estado de alerta, a atenção orientativa, a memória funcional e a agilidade física. Tudo isso sem causar dependência (dentro das doses recomendadas, que são baixas). A melhor maneira de usar nicotina para esses propósitos é comprar um chiclete para quem quer parar de fumar, que tem somente a nicotina e nenhum dos compostos maléficos do cigarro. Você encontra em farmácia e basta mascar 1 chiclete seguindo as instruções do rótulo para ter cerca de 2h de efeitos positivos.

---

L-Teanina: não é um alcalóide, mas um aminoácido com propriedades especiais, presente no chá verde e principalmente no matchá. Dá estabilidade ao cérebro, muito útil para transtorno de déficit de atenção, para quem precisa reter sua atenção a uma leitura ou trabalho, para quem precisa de concentração. Por isso o chá verde é uma parte importante das culturas orientais, muitas vezes precedendo uma prática de meditação.
Uma de suas funções pouco conhecidas é a de sustentar estados profundos da mente. O sono profundo é uma parte importante do repouso regenerativo, e a L-Teanina tomada pouco antes de dormir ajuda a sustentar o cérebro no sono profundo, o que é muito útil pra quem fica acordando o tempo todo.

Além da L-Teanina, existem alguns extratos naturais de plantas que também ajudam a manter o foco, como a Huperzia serrata e a Fosfatidilserina.

---

Além dos alcalóides, muitas ervas também trazem efeitos nootrópicos bem estudados pela ciência, como os adaptógenos. Adaptógenos são substâncias que adaptam o corpo a situações de estresse (emocional ou físico também).
Exemplos de adaptógenos: ginseng asiático, ginseng americano, Ashwagandha indiana, Rhodiola do Ártico, Maca dos Andes, Schisandra da China e o Shilajit dos Himalaias...

Ashwagandha: uma das mais importantes plantas medicinais da ayurveda. Tem grande auxílio para acalmar o stress e recuperar o corpo do desgaste causado por ele. Tem ação anti-inflamatória e afrodisíaca. É excelente para diminuir o stress e gerar calma e clareza mental. Também funciona como um relaxante do sistema nervoso, ajudando a diminuir a ansiedade, stress e melhorar a qualidade do sono. Seu uso continuado, diariamente, apresenta excelentes resultados na diminuição dos níveis de cortisol, que é o hormônio do stress. Ela é uma erva que apresenta seus melhores resultados após algumas semanas de uso contínuo, e é sem dúvida um dos melhores adaptógenos.

Bacopa monnieri ou Brahmi: uma das ervas mais importantes da ayurveda, com ampla evidência científica pela sua capacidade de ampliar a memória e a cognição e servir como precursor de dopamina, o que traz uma leve euforia, alegria e vitalidade.

Ginkgo Biloba: erva asiática com princípios ativos que ampliam a cognição.

Ginseng: melhora o fluxo sanguíneo cerebral. Existem 2 espécies: o asiático, que é um tônico revigorante; e o americano, que é um tônico relaxante.

Rhodiola: flor do Ártico, um adaptógeno parecido com a maca e o ginseng. Vitalidade da mente e sistema nervoso em geral.

Maca: uma raiz de origem andina. Apresenta propriedades relevantes para a regularização da produção hormonal de uma forma suave e natural. Era usada por guerreiros andinos antes dos combates para um aumento da testosterona, ou por homens e mulheres que buscavam mais libido. E por isso ganhou também o nome de viagra dos Andes. É especialmente útil para mulheres que se aproximam ou estão na menopausa, porque ajuda a manter os níveis hormonais saudáveis. No caso dos homens, também traz benefícios, como melhora na saúde da próstata. Não oferece nenhum risco à saúde, especialmente se forem usados métodos que retiram os antinutrientes da raiz crua natural, como os goitrogênicos, que em excesso podem afetar a glândula da tireóide. Tradicionalmente era consumida cozida, e não crua.

Astragalus: erva da medicina chinesa, auxilia o metabolismo a se adaptar ao stress. Se falta disposição, age como um estimulante. Se falta repouso, ajuda a diminuir o stress. Também é um hepatoprotetor, protege o fígado e é usada rotineiramente na China para tratamento de hepatite crônica. Mas sua propriedade mais notável é oferecer uma substância ativadora da telomerase, uma enzima que protege os telômeros do desgaste (um dos principais sintomas do envelhecimento celular).

---

Exemplos de chás adaptógenos: erva tulsi (erva da ayurveda, "manjericão sagrado"); erva cidreira (equilibra o GABA, bom para pessoas muito ansiosas que não conseguem focar); camomila...
Chás oferecem bons efeitos, mas os extratos padronizados são mais efetivos, pois assim é possível trabalhar com doses maiores e exatas.

---

Valeriana, cava-cava e mulungu: ervas que apresentam evidências interessantes por seus efeitos calmantes, anti-stress, antidepressivos e potencialmente auxiliares do sono.

---

Estes 2 a seguir ajudam a relaxar e trazer bom humor. São suplementos preciosos que não causam dependência e tem um papel importante para nos ajudar a lidar com excesso de stress no dia a dia.

5HTP: derivado do triptofano, um aminoácido natural produzido pelo próprio corpo como um precursor da serotonina. Age aumentando os níveis desse hormônio do bem-estar. É um antidepressivo natural poderoso, em muitos casos substitui a necessidade de substâncias pesadas. Ajuda a trazer calma e serenidade e uma propensão a sorrir mais. Por ser um aminoácido, pode ser utilizado continuamente sem qualquer tipo de efeito colateral. Dose recomendada varia entre 50 a 200 mg. De manhã e de noite antes de dormir, melhora a qualidade do sono também.

GABA: ácido gama amino butírico. Principal neurotransmissor inibitório de excitação do sistema nervoso. Naturalmente produzido dentro do organismo para eliminar a ansiedade do cérebro, sendo que a suplementação também gera um efeito muito eficiente. Dose recomendada 400 a 600 mg. Deve ser utilizado dia sim, dia não. Evite o uso diário para evitar efeitos colaterais. Pode ser usado em momentos de grande ansiedade, ele desestressa o cérebro. Não causa sonolência, portanto pode ser tomado durante o dia ou antes de dormir também.

Sugestão: alternar entre eles, cada dia um. Preferencialmente nas menores doses possíveis recomendadas para iniciar, e se sentir necessidade após alguns dias ou semanas de teste, aumentar gradualmente.

---

Dopamina: neurotransmissor responsável por dar mais motivação, bom para estudar um assunto chato por exemplo. Mucuna pruriens ou L-Tirosina: precursores de dopamina.
Em excesso, gera ansiedade e a pessoa não consegue reter o que leu, também podendo ser convertida em outro neurotransmissor, a noradrenalina, o que gera ansiedade, taquicardia, também podendo produzir algumas proteínas inflamatórias. Portanto, pessoas mais inflamadas têm a tendência a serem mais ansiosas. E a ansiedade tira o foco, a pessoa não consegue estudar. Dessa forma, a cúrcuma também é considerada um nootrópico pela ação anti-inflamatória da curcumina.

Receita para quem é agitado, tem dificuldade de foco: erva cidreira com raiz de cúrcuma. Ferve em 600 ml uma colher de sopa de cúrcuma e depois faz uma infusão com erva cidreira (desliga o fogo e coloca a mistura de cúrcuma na erva cidreira e abafa por uns 10 min).

---

Todas essas substâncias foram isoladas e podem ser obtidas em fórmulas que podem ser solicitadas em farmácias de manipulação. Doses moderadas e adequadas potencializam a cognição. Doses exageradas causam déficit cognitivo.
É possível também fazer combinações de compostos ativos para efeitos específicos.
Exemplos: combinar o alerta da cafeína com o foco da L-Teanina. 100 mg de cafeína (equivalente a meio expresso) + 400 mg de L-Teanina (equivalente a diversas xícaras de chá verde).

Exemplos:
5HTP + Rhodiola + Cava-cava: antidepressivo natural.
GABA + Magnésio + L-Teanina + Valeriana: relaxamento profundo.